Category Archives: Bolsas

Unicamp surpreende ao incluir álbum dos Racionais na lista do seu vestibular

Relação completa possui 12 obras que serão de leitura obrigatória para os candidatos; obra dos rappers está junto aos ‘Sonetos’ de Luís de Camões

A Universidade de Campinas (Unicamp) divulgou, nesta quarta-feira (23), a sua lista oficial de livros obrigatórios para o vestibular 2020. Entre as obras selecionadas para serem consumidas pelos candidatos a uma vaga na universidade, está um álbum completo dos Racionais Mc’s.

Segundo a comissão responsável pela organização do exame (Comvest), a lista completa de obras obrigatórias contém 12 obras de autores das literaturas brasileira e portuguesa. Nas novidades, estão  Sobrevivendo no inferno ( Racionais Mc’s); A falência (Júlia Lopes de Almeida) e A cabra vadia (Nelson Rodrigues).

Segundo a nota da Comvest, “a cada ano, a Unicamp renova parcialmente as obras que compõem a lista”. A intenção da universidade é “permitir o planejamento do professor e, ao mesmo tempo, acompanhar a dinâmica própria do sistema de ensino, cujo público se renova todos os anos”.

Veja abaixo a lista completa de livros:

Poesia

Racionais Mc’s: Sobrevivendo no inferno
Luís de Camões: Sonetos (não são todos, apenas os selecionados).
Ana Cristina Cesar: A teus pés

Contos

Guimarães Rosa: A hora e a vez de Augusto Matraga , do livro Sagarana .
Machado de Assis: O espelho

Teatro

Dias Gomes: O bem amado

Romance

Júlia Lopes de Almeida: A falência
Érico Veríssimo: Caminhos Cruzados (livro distribuído no PNBE).
José Saramago: História do Cerco de Lisboa

Diário

Carolina Maria de Jesus: Quarto de despejo (livro distribuído no PNBE).

Crônica

Nelson Rodrigues: A cabra vadia

Sermões

Antonio Vieira:

(1) Sermão de Quarta-feira de Cinza – Ano de 1672;
(2) Sermão de Quarta-feira de Cinza – Ano de 1673, aos 15 de fevereiro, dia da trasladação do mesmo Santo;
(3) Sermão de Quarta-feira de Cinza – Para a Capela Real, que se não pregou por enfermidade do autor.

Vestibular 2019

Vale ressaltar que as obras acima foram selecionadas para o vestibular de 2020. Segundo a Comvest, as três obras que integram a edição 2019 do vestibular da Unicamp, mas que foram eliminadas das seleções posteriores são: Poemas Negros (Jorge de Lima); Coração, cabeça e estômago (Camilo Castelo Branco) e Amor, do livro Laços de Família (Clarice Lispector). Logo, os Racionais não são para o próximo vestibular da Unicamp, só para o de 2020.

Fonte: http://ultimosegundo.ig.com.br/educacao/2018-05-23/racionais-leitura-obrigatoria-unicamp.html

Com Novo Fies, estudantes têm mais facilidade para ingressar no ensino superior

Mudanças no fundo de financiamento trouxeram mais segurança e transparência para os candidatos

Neste ano, o Novo Fies vai ofertar 310 mil oportunidades. Somente para o primeiro semestre, foram 155 mil vagas. O processo ainda está em andamento, e os candidatos à lista de espera do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e do Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies) têm até o dia 23 de maio para serem pré-selecionados.  

Das 155 mil vagas ofertadas no começo de 2018, 75 mil foram destinadas ao P-Fies. Essa nova categoria destina-se a estudantes com renda familiar de até cinco salários mínimos. Para atender a essa parcela de candidatos, o Novo Fies tem recursos dos Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento. Já o Fies financia estudantes que recebem até três salários mínimos a juros zeros.

Para o diretor de Políticas e Programas de Educação Superior do Ministério da Educação, Vicente Almeida Júnior, as mudanças no programa permitem ampliar a faixa de acesso dos estudantes. “Antes, você tinha um modelo de financiamento concentrado em estudantes de até 3 salários mínimos. Agora, nós ampliamos essa faixa. Evidentemente, isso permitirá mais estudantes ingressarem no ensino superior privado”, afirma.  

Tanto o Fies quanto o P-Fies financiam cursos superiores não gratuitos e com avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). No caso do Fies as vagas são destinadas a juros zero para os estudantes que tiverem uma renda per capita mensal familiar de três salários mínimos. Já o P-Fies é a nova modalidade criada pelo MEC no ano passado. Nesta nova versão, são atendidos alunos com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos. As fontes de financiamento são os recursos de Fundos Constitucionais e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social.

 

fonte: http://www.brasil.gov.br/educacao/2018/05/com-novo-fies-estudantes-tem-mais-facilidade-para-ingressar-no-ensino-superior

Ir para a barra de ferramentas