Blog Archives

Filamento

Fio metálico fino, de forte resistência elétrica, que se torna incandescente, devido a passagem de corrente. É encontrado nas lâmpadas elétricas (em geral de tungstênio) e nas válvulas eletrônicas, onde serve como agente de liberação de elétrons graças ao calor que produz.

Eletrodo

Qualquer dos terminais de uma fonte de energia elétrica. Essa fonte pode ser, por exemplo, uma solução eletrolítica, como no caso dos acumuladores elétricos para automóveis (bateria), devidamente carregados. O eletrodo do qual partem os elétrons se chama cátodo, e é indicado pelo sinal (-) que significa negativo; o eletrodo que recebe os elétrons se chama anodo, e e indicado pelo sinal (+), que significa positivo. Na pilha comum, também chamada pilha seca, lanterna elétrica portátil, existe uma pequena barra de carvão, que é o ânodo: o invólucro exterior, de zinco, é o catodo. Quando se fecha o circuito, a corrente elétrica flui através da lâmpada, indo do polo negativo para o polo positivo. Em regra, cada pilha fornece 1,5 volt. Requerem-se pois, 4 pilhas para fazer funcionar um rádio transmissor de 6 volts. Nos acumuladores de automóveis os eletrodos são placas de chumbo. Usa-se o óxido de chumbo para anodo e aplica-se chumbo esponjoso ao catodo. Esses acumuladores armazenam energia química, fornecem energia elétrica, enquanto não se descarregam completamente.

Ir para a barra de ferramentas